A"DESCOLONIZAÇÃO"ASSENTOU EM LEI ANÓNIMA AQUANDO DA EXISTÊNCIA DE GOVERNOS PROVISÓRIOS SEM LEGITIMIDADE CONSTITUCIONAL.
O processo da traição:
Este poderia muito adequadamente ser a designação de causa posta em tribunais sobre a (descolonização exemplar).
Talvez mais expressiva do que a da cadeia, será - O JUÍZO DA HISTÓRIA -.
`

O ZIMBABWE DE UM PSICOPATA RACISTA E ASSASSINO CHAMADO MUGABE.

                           MUGABE, E OS BRANCOS AFRICANOS, TRAILER AFRICANO







                                                                    Mugabe.







                                                   A FOME E  A SAÚDE EM ÁFRICA:

Os cuidados de saúde são pagos com amendoim:
Zimbabuanos agora têm que pagar os cuidados de saúde em amendoim e caprinos .
Na África do Sul é também a mesma situação.
O New York Times jornalista Celia W Dugger escreveu este artigo crítica, sem entrar em qualquer uma das importantes razões subjacentes à actual situação de milhões de Zimbabuanos pretos. E só há uma razão para essa fome crônica-condições e degradação física da população a sul de Africa como um todo: o curso de limpeza étnica dos agricultores Brancos da África Austral, do Zimbabwe para a África do Sul e para a Namíbia. Isto tem causado uma queda drástica no fornecimento de alimentos a sul de África nos últimos 30 anos...
http://www.fao.org/newsroom/en/news/2008/1000855/index.html


O capataz a soldo da Russia e de Cuba, Eduardo dos Santos, permitiu o descarregamento do armamento bélico em território angolano, destinado ao seu homólogo ditador Mugabe para o massacre do povo zimbabuano.

Zimbabué: Angola autoriza atracagem de polémico navio chinês com armas
Luanda (Lusa) - O governo angolano autorizou hoje o navio chinês que transporta armas para o Zimbabué a atracar no porto de Luanda para descarregar apenas parte da carga que era destinada a este país, noticiou a agência de notícias estatal, Angop.
O An Yue Jiang, navio da companhia China Ocean Shipping Company, que já tinha sido impedido de atracar na África do Sul e em Moçambique, viu agora permitido o acesso ao porto de Luanda.
No entanto, segundo a nota do governo divulgada pela Angop, o governo garante que o armamento que o navio transporta com destino a Harare não vai ser descarregado.
A carga do navio inclui, para além de outro material para Angola, até aqui desconhecido, três milhões de munições para as espingardas automáticas AK-47, 1.500 RPG (morteiros com auto-propulsão) e mais de três mil granadas de morteiro.
A chegada ao porto de Luanda, cuja hora e dia não são avançados pela nota do governo, acontece depois de o porta-voz do governo de Pequim ter anunciado que o navio estava de regresso à China.
O polémico navio, o An Yue Jiang, vai atracar em Luanda apesar de o Conselho de Coordenação dos Direitos Humanos (CCDH) de Angola ter avançado na quarta-feira com uma providência cautelar junto do Tribunal Marítimo de Luanda para impedir que armamento chinês destinado ao Zimbabué seja descarregado em portos angolanos.
A anunciada chegada da embarcação a Luanda acontece no dia em que o Presidente da República de Angola, Eduardo dos Santos, recebeu um enviado especial do presidente Zimbabueano, Robert Mugabe, e sub-secretária de Estado norte-americana, Jendayi Frazer, que entregou ao Chefe de Estado angolano uma mensagem do seu homólogo George W. Bush.
A enviada de Washington tinha como um dos pontos da sua agenda convencer os lideres da África do Sul e Angola de não permitirem a descarga do navio chinês com armas para Harare.





O MUNDO OCIDENTAL PERMITINDO QUE A DITADURA DE MUGABE, JACOB ZUMA, THABO MBEKI, E OUTROS, A CRIAR RAÍZES, ACEITARAM UMA DERROTA PARA A CIVILIZAÇÃO E PARA A HUMANIDADE!



¡OS ACONTECIMENTOS DE ÁFRICA É A DERROTA DA HUMANIDADE!


Rogéria Gillemans.

oncontextmenu='return false'>