A"DESCOLONIZAÇÃO"ASSENTOU EM LEI ANÓNIMA AQUANDO DA EXISTÊNCIA DE GOVERNOS PROVISÓRIOS SEM LEGITIMIDADE CONSTITUCIONAL.
O processo da traição:
Este poderia muito adequadamente ser a designação de causa posta em tribunais sobre a (descolonização exemplar).
Talvez mais expressiva do que a da cadeia, será - O JUÍZO DA HISTÓRIA -.
`

A FORTALEZA SÃO NICOLAU - NAMIBE- ANGOLA:

A Fortaleza de São Nicolau, que criminosos de Abril e  analfabetos
pretendem fazer passar como uma terrificante cadeia do "regime colonialista de Salazar"

Foi edificada em 1824 junto ao rio São Nicolau, no deserto do Namibe,
 para defesa de Angola contra a invasão e ocupação holandesa e alemã.


Muralhas da Fortaleza São Nicolau


A cadeia São Nicolau, sem muros, a céu aberto,
junto ao rio São Nicolau - nome mudado para Bentiaba.
Por falta de Estabelecimentos Prisionais em Angola, foram construídas habitações na área circundante à Fortaleza São Nicolau, destinadas ao aprisionamento dos Terroristas que serviam apenas os interesses internacionais, e nunca os interesses do povo de Angola.
 Esta cadeia, Sui generis, foi inaugurada em 1962.

 
Esta era a terrificante cadeia São Nicolau do "regime colonialista de Salazar"destinada aos Terroristas. Se, considerarmos que todos os terroristas que cometem crimes contra a humanidade, pelo terror, como assassinatos de pessoas inermes e inocentesdevem ser severamente punidos, não existe comparação, possível, entre o trato a estes Terroristas e as sevícias praticadas aos seus congéneres em Guantanamo. Os Terroristas em Guantanamo não andarem de bicicleta, nem vestidos desta forma e, muito menos lhes era possível confraternizar entre eles em liberdade. Esses privilégios dados a Terroristas  existiam na "terrificante cadeia São Nicolau" do "regime colonialista de Salazar" onde a qualificação presos se torna ofensiva para quem, por delitos menores, como o roubo, cumpria condena em países da Europa ou do continente americano, em celas de dimensões reduzidas, fechadas, sem janelas, e com outros presos inseridos na mesma cela.


 
Cadeia São Nicolau, um terrorista no uso da sua liberdade.
Terroristas na cadeia São Nicolau. 
Entre terroristas, assassinos, das hordas da FNLA e MPLA, alguns mandatários do Terrorismo, e outros instigadores ao terror, estiveram presos em São Nicolau: O terrorista, comunista, José Van-Dúnem, o terrorista João Jacob Caetano “o monstro imortal”, o terrorista Bakolov, a terrorista, comunista, Sita Valles, de origem goesa, que em Maio 1974 abandonaram a cadeia São Nicolau, foram para Luanda, onde, à causa do 27 de Maio 1977, foram presos, torturados e assassinados pelo MPLA. Em vida diziam-se representantes do MPLA, representantes de Agostinho Neto, diziam lutar contra o "colonialismo" semearam terror, destruição e morte, assassinaram seres humanos inermes, e nenhum desses terroristas, assassinos, foi morto por aqueles que qualificavam como"colonialistas portugueses", foram mortos pelas mãos dos seus, daqueles que diziam representar, os seus camaradas na mesma doutrina satânica do terror e dos crimes.


Rio São Nicolau.

Vista aérea sobre o Campo ou Cadeia São Nicolau.

oncontextmenu='return false'>